Central Blog

  • set
    21
    2017




VOCÊ ESTÁ PREPARADO PARA AS MUDANÇAS?


Por Marcos Alex Rodrigues

 

Temos vivido tempos de muitas mudanças. A informatização transformou as nossas vidas e afetou diretamente a maneira como executamos nossas tarefas diárias, como educamos nossos filhos, gerimos a nossa empresa, lemos livros…

Os conteúdos vêm e vão em questão de segundos e muitas vezes uma simples checada matinal no celular e nos aplicativos de mensagens instantâneas mudam o nosso humor e até mesmo o planejamento que estava traçado para o dia.

Os desafios são muitos e para que ocorra esse avanço diário é preciso demolir alguns espaços para criarmos outros e assim, vamos construindo o futuro, passando por cima do passado e ignorando o presente.

Para uma pessoa no auge dos seus 15 anos, parece exagero dizer isso. Mas o que aconteceu com as lamparinas? E com as manivelas para acionar motores? As vitrolas? A máquina de escrever? Os filmes fotográficos? As fichas telefônicas e os orelhões? Muitos nem viram esses objetos e já chegaram em uma época onde tudo acontece na palma da mão, dentro dos seus smartphones.

Mas uma pergunta não sai da minha cabeça. E os profissionais que trabalhavam nesses produtos e serviços, onde estão? O que fazem? Migraram para onde? Estão aposentados? Ainda falando em profissões me deparei estes dias com um estudo da Inova Consulting, FIA, Michael Page, Sparks & Honey, Talenses e Exame sobre as 50 Profissões do Futuro e não encontrei boa parte das profissões tradicionais. 

Será que no futuro o vestibular para advogados, médicos e engenheiros será tão concorrido quanto nos últimos anos? Ainda como resultado deste estudo, acompanhei que estas profissões mais tradicionais estão sendo ramificadas e abrindo leques de opções mais segmentados, como por exemplo. Os tradicionais engenheiros agora se dividem em: engenheiros ambientais, civis, de petróleo e gás e até mesmo hospitalar.

Na área da comunicação, onde eu atuo, a previsão é de que os profissionais sejam cada vez mais multitarefas. Para um futuro próximo há quem projete um departamento de tendências e inovação dentro das organizações, mas não apenas sob o guarda-chuva do marketing, mas integrado a todo o ecossistema empresarial. Com papel de articulador, esse profissional será chamado de trendsinnovation. Também fala-se muito do gestor de marketing para e-commerce e do gestor de comunidades digitais, uma vez que o mundo online está cada vez exigente e dinâmico.

Bom, esse texto tem muitas interrogações e eu tenho um único propósito com isso. Quero despertar em você o seguinte questionamento: O que você faz hoje, tem tempo determinado para acabar? Quando será o fim da sua atividade ou até mesmo da sua profissão? Você está se reinventando?

Desperte para o novo, repense conceitos, recrie produtos, invente novas formas de se relacionar e se prepare para as mudanças. Pode ser que você fique para trás sem perceber!

 

Sobre o autor:

Presidente da Central Mailing List, (www.centralmailinglist.com.br) Marcos Alex Rodrigues é um cientista de dados que há mais de 20 anos inseriu a comercialização de banco de dados no mercado. Hoje, além desse serviço, a empresa também trabalha com a correção, atualização, enriquecimento de database (banco de dados), disparos de e-mail marketing inteligente, SMS e geração de leads. Tudo isso, de maneira consciente, fazendo o uso coerente das informações e seguindo as regras de mercado com altos níveis de segurança. Projetos de consultoria mercadológica para a definição de público alvo atendendo as demandas dos departamentos de marketing, vendas, prospecção, retenção, fidelização, cobranças, pesquisas, TI e RH também faz parte da portfólio da empresa que conta com a expertise da Agência Girassol (www.agenciagirassol.com.br) para traçar as suas estratégias de comunicação.

Mundanças2017

  • ago
    04
    2017




A influência da Big Data nos negócios


Até alguns atrás, toda a informação gerada e divulgada acontecia de maneira off-line, através de cartas (mala direta), matérias em televisão, rádio, publicações em revistas, jornais, folhetins, folders e ligações (telemarketing). Aos poucos, esse cenário foi mudando e a informação começou a chegar por diversas frentes, o tempo todo.

Se por um lado isso facilitou a comunicação, por outro, há exagero na dose. Pelo menos é o que eu ando acompanhando no meu dia a dia. Com o aumento da tecnologia e com a chegada das redes sociais, a maneira de se relacionar passou por uma revolução e hoje são os consumidores e os influenciadores digitais que ditam as regras. São eles que falam abertamente o que pensam e o que não pensam; são eles que interagem com as empresas atestando ou reprovando determinados produtos ou serviços.

E embora eu acredite que algumas mudanças sejam inevitáveis e irremediáveis, é preciso ficar atento a dose, já que estas mudanças podem ser proporcionalmente drásticas se não forem bem trabalhadas, principalmente no que diz respeito a comunicação. O que parece ser ideal para a sua marca, pode ser considerado invasivo aos olhos do seu consumidor e toda a estratégia de marketing irá por água baixo.

Tudo está se transformando e ainda não temos a dimensão como isso será no futuro. Com base no meu modelo de negócio, posso afirmar que as ações online, quando executadas com parcimônia estão trazendo cada dia mais, resultados efetivos para os meus clientes. Mas também estamos o tempo todo, nos reinventando e tentando acompanhar essa evolução.

Até porquê, o aprimoramento constante das tecnologias, o acúmulo de dados e a informação (BIG DATA) favorecem esse quadro de transformação e acabamos tendo muito mais informação e conteúdo armazenado, do que imaginávamos lá trás. Poucas as informações que estão conseguindo ficar oculta aos olhos das máquinas e algoritmos, que avançam a cada vez que alimentamos browsers com buscas e curiosidades; eles são inteligentes o suficiente para conhecer nossos desejos e nossos próximos passos no mundo virtual.

O que quero realmente compartilhar com vocês é que hoje não somos os mesmos que éramos ontem e como empresários, temos a missão de analisar e tentar prever quais diretrizes teremos amanhã, com a tecnologia que estamos criando. Precisamos mudar nossos conceitos, assim como a tecnologia tem mudado a nossa maneira de se comunicar.

big dataCentral Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, com mais 20 anos de mercado, a Central Mailing List (www.centralmailinglist.com.br) destaca-se por oferecer credibilidade e confiança. Presidida por Marcos Alex Rodrigues (cientista de dados), a empresa conta com a expertise da Agência Girassol (www.agenciagirassol.com.br) para traçar as suas estratégias de comunicação. Ambas as empresas têm como filosofia a ética, o respeito à sociedade e ao mercado consumidor; de maneira consciente, faz uso coerente das informações seguindo as regras de mercado e altos níveis de segurança, prezando sempre pelo bom atendimento. A Central Mailing List também oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de database (banco de dados), disparos de e-mail marketing inteligente e SMS, geração de leads e consultoria mercadológica na definição de público alvo atendendo as demandas dos departamentos de marketing, vendas, prospecção, retenção, fidelização, cobranças, pesquisas, TI e RH.

  • fev
    06
    2017




SMS, WHASTAPP E E-MAIL MARKETING – COMUNICAÇÃO EFICAZ OU INVASIVA?


O planejamento da estratégia e a definição correta da ferramenta, farão toda a diferença no seu projeto de marketing online.

Toda oportunidade de comunicar, gerar novos leads e fidelizar clientes deve ser avaliada pelas empresas e suas equipes de marketing. Porém, toda e qualquer comunicação deve ser planejada criteriosamente e quando se fala de comunicação online, o cuidado deve ser redobrado.

Nesta era digital em que vivemos, é preciso conhecer muito bem os canais de comunicação para que a mensagem não seja invasiva. E-mail marketing, SMS e Whatsapp são as ferramentas online mais utilizadas para a exposição de empresas, marcas e produtos. Porém, existe uma linha tênue que separa comunicação de invasão. Qual destas então é a melhor opção? Qual deve ser a estratégia para evitar a dispersão da mensagem e a irritação dos usuários?

Marcos Alex Rodrigues, diretor da Central Mailing List, alerta que durante a abordagem de prospects, o Whatsapp não deve ser utilizado. Esta é uma ferramenta de uso pessoal e a utilização indiscriminada de mensagens para pessoas fora da sua lista de contatos, é encarada como uma abordagem sem autorização, passível de punição pela própria ferramenta. Nesse caso é muito mais aceitável receber um SMS, Telefonema, Correspondência pelo Correio ou E-mail Marketing, conclui.

Entretanto, caso queira ter uma relação com sua carteira de clientes, essas regras não se aplicam.  O que se deve observar é qual ferramenta ou aplicativo possui melhor retorno. Alguns clientes irão preferir mensagens de texto, outras notificações, outros preferem mensagem de voz, imagem, enfim… é preciso conhecer a sua base de dados para que a comunicação seja desenvolvida com eficácia, objetivando respostas diretas.

Vale ressaltar que esse tipo de contato mais direto deve ser feito somente com o perfil de seu público-alvo, onde os esforços são centralizados e sem desperdícios, trazendo menor índice de rejeição e consequentemente melhora nos resultados.

 

Central Mailing List

Pioneira na comercialização de banco de dados. A empresa oferece, há mais de 20 anos, serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de data base (banco de dados), disparo de e-mail marketing inteligente, consultoria mercadológica para a definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. www.centralmailinglist.com.br

Megafon / Werbung

  • dez
    15
    2016




E-MAIL MARKETING PARA O FIM DO ANO


Fim de ano é um dos momentos mais propícios para aumentar o relacionamento com os clientes. Enquanto as famílias se contagiam com o espírito natalino, o mercado se enche de expectativas almejando o aumento das vendas. E dentre as estratégias de marketing digital, o e-mail marketing figura entre as estratégias mais importantes para gerar novos leads para a marca, empresa ou produto.

Segundo o presidente da CML (Central Mailing List), Marcos Alex Rodrigues, o e-mail marketing é um meio de relacionamento que deve ser cada vez mais explorado, principalmente se o objetivo for gerar interesse, apresentar um novo produto, ou ofertas e descontos. “Trabalhando corretamente a base de dados da empresa, é possível aumentar de maneira significativamente, o número de conversões; ainda mais se a campanha estiver atrelada com outras ações digitais” – pontua.

Além disso, é importante destacar o aumento das vendas online. Nos últimos três meses, o e-commerce apresentou um crescimento de 12,3% em comparação ao mesmo período do ano passado, registrando um resultado positivo pelo quarto mês consecutivo – de acordo com pesquisa feita pelo indicador financeiro, Mastercard.

Entretanto, os conteúdos de mensagens comemorativas não devem ser compostos por um simples “feliz natal e um próspero ano novo”, o corpo da mensagem deve ser planejado de modo que atenda os objetivos da empresa. Além disso, é preciso saber a diferença entre ofertar produtos e ser invasivo. “Muitas empresas falham porque não levam em consideração o comportamento do cliente e acabam levando uma mesma comunicação para todos os clusters” – resume Rodrigues.

Além de desejar boas festas, o e-mail marketing pode ser utilizado para mostrar o que a empresa fez durante o ano, com copilado das ações realizadas, o que agrega valor à marca. O especialista sugere que o conteúdo também possa ser aproveitado para informar horário de funcionamento da empresa durante o período festivo, já antecipando respostas de uma frequente dúvida do cliente. Também é indicado aproveitar a ferramenta de comunicação para divulgar promoções especiais para a época, já que ofertas chamam a atenção de todos.


Marcos reforça que o envio deste tipo de mensagem é importante não somente em datas comemorativas. “A empresa deve aproveitar todas as oportunidades para fazer comunicação com seu público-alvo, estreitar relacionamentos com sua marca, conscientizar clientes e prospects da importância de seu produto ou serviço. As comunicações das ações precisam ser eficazes, objetivas, focadas e bem especificas (no caso de vendas de produtos) e isso independe da época do ano”, finaliza Rodrigues.

 

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 20 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de database (banco de dados) e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. www.centralmailinglist.com.br

comunicar sempre

  • out
    24
    2016




RÉGUA DE RELACIONAMENTO – IDEAL PARA CRIAR E FORTALECER AS RELAÇÕES COM OS CLIENTES


O uso de estratégia assertiva junto ao disparo de e-mail marketing aproxima a empresa do comprador.

Com a tecnologia em ascensão, as relações (sejam elas pessoais ou profissionais) estão se tornando cada vez mais digitais, e mesmo assim, muitas empresas ainda não utilizam corretamente todos os benefícios que o mundo virtual oferece.

“O e-mail marketing foi e continua sendo, uma das principais ferramentas de divulgação, tanto pelo seu alcance, quanto pela taxa de conversão. Devidamente trabalhado com o acompanhamento de uma régua de relacionamento, tem sido responsável por gerar um alto retorno”, pontua Marcos Alex Rodrigues, diretor da CML (Central Mailing List), defendendo o uso desta estratégia em todas as fases da empresa.

De extrema importância na realização de ações de marketing, tanto inbound, quanto outbound, a régua de relacionamento é um conjunto de atividades feitas durante todo o processo de marketing e a partir de sua criação, é possível definir quais são os passos a serem seguidos para atingir o melhor resultado. “A ferramenta permite um controle maior de toda a operação, deixando todos os envolvidos cientes do que precisa ser feito em cada momento”, explica.

Assim, após a empresa incorporar o e-mail marketing como uma estratégia de divulgação e comercialização, além de um banco de dados devidamente segmentado, é necessária a utilização da régua de relacionamento para a manutenção do relacionamento visando a potencialização dos resultados.

Marcos ainda sugere que as comunicações sejam enviadas nos seguintes momentos: após cadastros; durante o processo de compra; pós-venda e na identificação de carrinhos abandonados como um estímulo para o cliente retomar a compra. Além de estratégias de vendas e informativos que não sejam apenas e-commerce.

Por se tratar de um a interação em longo prazo com o cliente, que vai desde o início de pesquisa do produto até a pós-compra, a régua precisa de um conteúdo que seja atrativo e humanizando para que aproxime o comprador e não o contrário, passando a impressão de spam e sendo automaticamente descartado.

Atuando a frente de estratégias de marketing, as ações da Central Mailing List estão presente em todas as etapas, desde a seleção do público-alvo, a quantidade envolvida, as mídias que serão utilizadas, as tarefas que as áreas executarão, quantidades de pessoas envolvidas, quais os períodos de respostas das ações, até a finalização, conclusão e mensuração das ações.

O mais importante, em todas estas fases, é demonstrar o interesse pelo comprador, buscar compreendê-lo e para atender suas necessidades sem ser chato e robotizado, mostrando que também há um ser humano por trás da tela. “Afinal, a maiores dos clientes passam pelo mesmo processo de compra e estar atento para cada uma delas, faz com que o cliente não saia do seu funil de vendas” – conclui Rodrigues.

 

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 20 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de Database (banco de dados) e disparos de e-mail marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. www.centralmailinglist.com.br

 

regua de relacionamento