Central Blog

  • fev
    06
    2017




SMS, WHASTAPP E E-MAIL MARKETING – COMUNICAÇÃO EFICAZ OU INVASIVA?


O planejamento da estratégia e a definição correta da ferramenta, farão toda a diferença no seu projeto de marketing online.

Toda oportunidade de comunicar, gerar novos leads e fidelizar clientes deve ser avaliada pelas empresas e suas equipes de marketing. Porém, toda e qualquer comunicação deve ser planejada criteriosamente e quando se fala de comunicação online, o cuidado deve ser redobrado.

Nesta era digital em que vivemos, é preciso conhecer muito bem os canais de comunicação para que a mensagem não seja invasiva. E-mail marketing, SMS e Whatsapp são as ferramentas online mais utilizadas para a exposição de empresas, marcas e produtos. Porém, existe uma linha tênue que separa comunicação de invasão. Qual destas então é a melhor opção? Qual deve ser a estratégia para evitar a dispersão da mensagem e a irritação dos usuários?

Marcos Alex Rodrigues, diretor da Central Mailing List, alerta que durante a abordagem de prospects, o Whatsapp não deve ser utilizado. Esta é uma ferramenta de uso pessoal e a utilização indiscriminada de mensagens para pessoas fora da sua lista de contatos, é encarada como uma abordagem sem autorização, passível de punição pela própria ferramenta. Nesse caso é muito mais aceitável receber um SMS, Telefonema, Correspondência pelo Correio ou E-mail Marketing, conclui.

Entretanto, caso queira ter uma relação com sua carteira de clientes, essas regras não se aplicam.  O que se deve observar é qual ferramenta ou aplicativo possui melhor retorno. Alguns clientes irão preferir mensagens de texto, outras notificações, outros preferem mensagem de voz, imagem, enfim… é preciso conhecer a sua base de dados para que a comunicação seja desenvolvida com eficácia, objetivando respostas diretas.

Vale ressaltar que esse tipo de contato mais direto deve ser feito somente com o perfil de seu público-alvo, onde os esforços são centralizados e sem desperdícios, trazendo menor índice de rejeição e consequentemente melhora nos resultados.

 

Central Mailing List

Pioneira na comercialização de banco de dados. A empresa oferece, há mais de 20 anos, serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de data base (banco de dados), disparo de e-mail marketing inteligente, consultoria mercadológica para a definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. www.centralmailinglist.com.br

Megafon / Werbung

  • dez
    15
    2016




E-MAIL MARKETING PARA O FIM DO ANO


Fim de ano é um dos momentos mais propícios para aumentar o relacionamento com os clientes. Enquanto as famílias se contagiam com o espírito natalino, o mercado se enche de expectativas almejando o aumento das vendas. E dentre as estratégias de marketing digital, o e-mail marketing figura entre as estratégias mais importantes para gerar novos leads para a marca, empresa ou produto.

Segundo o presidente da CML (Central Mailing List), Marcos Alex Rodrigues, o e-mail marketing é um meio de relacionamento que deve ser cada vez mais explorado, principalmente se o objetivo for gerar interesse, apresentar um novo produto, ou ofertas e descontos. “Trabalhando corretamente a base de dados da empresa, é possível aumentar de maneira significativamente, o número de conversões; ainda mais se a campanha estiver atrelada com outras ações digitais” – pontua.

Além disso, é importante destacar o aumento das vendas online. Nos últimos três meses, o e-commerce apresentou um crescimento de 12,3% em comparação ao mesmo período do ano passado, registrando um resultado positivo pelo quarto mês consecutivo – de acordo com pesquisa feita pelo indicador financeiro, Mastercard.

Entretanto, os conteúdos de mensagens comemorativas não devem ser compostos por um simples “feliz natal e um próspero ano novo”, o corpo da mensagem deve ser planejado de modo que atenda os objetivos da empresa. Além disso, é preciso saber a diferença entre ofertar produtos e ser invasivo. “Muitas empresas falham porque não levam em consideração o comportamento do cliente e acabam levando uma mesma comunicação para todos os clusters” – resume Rodrigues.

Além de desejar boas festas, o e-mail marketing pode ser utilizado para mostrar o que a empresa fez durante o ano, com copilado das ações realizadas, o que agrega valor à marca. O especialista sugere que o conteúdo também possa ser aproveitado para informar horário de funcionamento da empresa durante o período festivo, já antecipando respostas de uma frequente dúvida do cliente. Também é indicado aproveitar a ferramenta de comunicação para divulgar promoções especiais para a época, já que ofertas chamam a atenção de todos.


Marcos reforça que o envio deste tipo de mensagem é importante não somente em datas comemorativas. “A empresa deve aproveitar todas as oportunidades para fazer comunicação com seu público-alvo, estreitar relacionamentos com sua marca, conscientizar clientes e prospects da importância de seu produto ou serviço. As comunicações das ações precisam ser eficazes, objetivas, focadas e bem especificas (no caso de vendas de produtos) e isso independe da época do ano”, finaliza Rodrigues.

 

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 20 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de database (banco de dados) e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. www.centralmailinglist.com.br

comunicar sempre

  • out
    24
    2016




RÉGUA DE RELACIONAMENTO – IDEAL PARA CRIAR E FORTALECER AS RELAÇÕES COM OS CLIENTES


O uso de estratégia assertiva junto ao disparo de e-mail marketing aproxima a empresa do comprador.

Com a tecnologia em ascensão, as relações (sejam elas pessoais ou profissionais) estão se tornando cada vez mais digitais, e mesmo assim, muitas empresas ainda não utilizam corretamente todos os benefícios que o mundo virtual oferece.

“O e-mail marketing foi e continua sendo, uma das principais ferramentas de divulgação, tanto pelo seu alcance, quanto pela taxa de conversão. Devidamente trabalhado com o acompanhamento de uma régua de relacionamento, tem sido responsável por gerar um alto retorno”, pontua Marcos Alex Rodrigues, diretor da CML (Central Mailing List), defendendo o uso desta estratégia em todas as fases da empresa.

De extrema importância na realização de ações de marketing, tanto inbound, quanto outbound, a régua de relacionamento é um conjunto de atividades feitas durante todo o processo de marketing e a partir de sua criação, é possível definir quais são os passos a serem seguidos para atingir o melhor resultado. “A ferramenta permite um controle maior de toda a operação, deixando todos os envolvidos cientes do que precisa ser feito em cada momento”, explica.

Assim, após a empresa incorporar o e-mail marketing como uma estratégia de divulgação e comercialização, além de um banco de dados devidamente segmentado, é necessária a utilização da régua de relacionamento para a manutenção do relacionamento visando a potencialização dos resultados.

Marcos ainda sugere que as comunicações sejam enviadas nos seguintes momentos: após cadastros; durante o processo de compra; pós-venda e na identificação de carrinhos abandonados como um estímulo para o cliente retomar a compra. Além de estratégias de vendas e informativos que não sejam apenas e-commerce.

Por se tratar de um a interação em longo prazo com o cliente, que vai desde o início de pesquisa do produto até a pós-compra, a régua precisa de um conteúdo que seja atrativo e humanizando para que aproxime o comprador e não o contrário, passando a impressão de spam e sendo automaticamente descartado.

Atuando a frente de estratégias de marketing, as ações da Central Mailing List estão presente em todas as etapas, desde a seleção do público-alvo, a quantidade envolvida, as mídias que serão utilizadas, as tarefas que as áreas executarão, quantidades de pessoas envolvidas, quais os períodos de respostas das ações, até a finalização, conclusão e mensuração das ações.

O mais importante, em todas estas fases, é demonstrar o interesse pelo comprador, buscar compreendê-lo e para atender suas necessidades sem ser chato e robotizado, mostrando que também há um ser humano por trás da tela. “Afinal, a maiores dos clientes passam pelo mesmo processo de compra e estar atento para cada uma delas, faz com que o cliente não saia do seu funil de vendas” – conclui Rodrigues.

 

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 20 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de Database (banco de dados) e disparos de e-mail marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. www.centralmailinglist.com.br

 

regua de relacionamento

 

 

  • jul
    04
    2016




EMPRESAS BUSCAM ALTERNATIVAS PARA CONQUISTAR CLIENTES


Trabalhar com a base de dados da empresa tem sido opção mais eficiente e mais barata para reter a clientela.

Para Marcos Alex Rodrigues, diretor da CML (Central Mailing List), o bom e velho e-mail marketing nunca sai de moda e pode ser considerado uma das principais ferramentas de comunicação da atualidade, tanto pelo baixo custo, quanto pelo nível de conversão (quando bem trabalhado). O executivo defende a tese de que todas as empresas precisam ter uma base de dados própria para ser trabalhada em todas as fases da empresa.

“Muitos empresários alegam que o e-mail marketing não seja uma ferramenta 100% eficiente, mas essa reclamação é proporcional ao mau uso da base de dados” – pontua Marcos.

Um banco de dados eficaz precisa ir além das informações básicas de contato (nome, telefone e e-mail), já que com dados minuciosos sobre cada cliente, é possível segmentar o envio de uma comunicação por região, preferências, gostos e perfis. “De nada adiantar enviar um informativo do lançamento de uma coleção feminina para um mailing repleto de homens, isso só fará com que seu e-mail seja ignorado, assim como os próximos da sua empresa. Ou seja, você queimou o seu mailing”.

Assim, quanto mais informações essa base de dados tiver, mais fácil será converter uma venda, já que a segmentação para o envio de qualquer comunicado será feita de acordo com o perfil do cliente. Diversas categorias podem ser selecionadas trazendo ao trabalho maior assertividade e taxa de conversão.

A MD Marketing Digital sabe muito bem disso e vem atuando em parceria com a Central Mailing List. “Criamos a campanha de trabalho, mas era preciso uma base completa e atualizada para fazer o envio. Através desta parceria conquistamos uma base de dados devidamente segmentada, onde podemos filtrar o público alvo por classe social, pessoa física ou jurídica, tempo de negócio, área geográfica, entre outros, o que gera um grande grau de assertividade no envio. O índice de atualização da nossa base de dados é mais de 90%, ou seja, não tem como não dar certo”, conta Assis Vieira Neto, diretor da empresa.

Além da importância da segmentação, os dados precisam ser higienizados e atualizados com frequência, por meio de validação de nomes, eliminação de caracteres inválidos, conversão de caixa alta e baixa, além de cruzamento de domínios válidos. “Empresas podem mudar de localização, telefone, além da rotatividade de funcionários que também se deve levar em consideração podendo tornar o mailing totalmente ineficiente caso não haja uma manutenção dessas informações”, sinaliza Marcos.

Mas, mesmo ciente da importância do mailing, como fazer quando a empresa é nova no mercado e ainda não possui a sua base de dados própria? “Adquira um mailing do seu segmento de atuação, faça a triagem dos contatos e comece a criar o seu” – orienta Marcos que desde 1995 está à frente da Central Mailing List que atua fortemente na comercialização de banco de dados e disparo de e-mail marketing.

Empresas com este perfil estão crescendo muito nos últimos anos e sobrevivendo a crise. O diretor da CML, viu no último ano, a empresa crescer 40%, já que a procura por mailings segmentados se tornou uma estratégia de vendas para diferentes corporações, tanto pela assertividade, quanto pelo baixo custo. “Com a crise, as empresas começaram a ver seus clientes irem embora e começaram a buscar opções mais baratas reconquistar os antigos e conquistar novos. Muitas empresas passaram a procurar o meu serviço para cuidar da base de dados ou simplesmente para começar um banco de dados” – pontua.

Afinal, quem nunca sentiu dificuldades ao divulgar um novo produto/serviço? E em meio a tantas informações, redes sociais e uma enxurrada de novidades, se destacar e ser assertivo é a meta de todo empresário.

Crise vencendo

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 20 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de database (banco de dados) e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas. www.centralmailinglist.com.br

  • mai
    10
    2016




EM MEIO À CRISE, CRESCE O NÚMERO DE MICROEMPRESÁRIOS DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS


Nos últimos cinco anos, este setor obteve alta de 69% só na abertura de empresas MEI (microempreendedor individual).

Diante do atual cenário econômico do Brasil, muitas são as consequências para a população, e uma das principais é o desemprego, que atingiu 10,9% em maio, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).  Na contramão dessa condição que tanto amedronta os brasileiros, cresce o número de microempreendedores, segundo pesquisa feita pela CML (Central Mailing List).

O setor que mais se beneficiou com o aumento da busca da autonomia profissional foi o de prestação de serviços, que só nos últimos 05 anos obteve alta de 69%. Para Marcos Alex Rodrigues, Diretor da CML, esse crescimento atribui-se diretamente à recessão e a queda na empregabilidade. “O receio do trabalhador de não resistir bem à crise, lhe encoraja a encarar o empreendedorismo”, pontua.

Além destes, o incentivo fiscal que permite melhor tributação ao microempreendedor, somada a liberdade e isenção de subordinação, contribuem ainda mais para o aumento dos microempreendedores.

Dentre os ramos que mais possuem adesão estão os de estética e beleza com 17%, acumulando alta de 84%, também nos últimos cinco anos. Já a construção civil que assim como outras áreas vem enfrentando uma de suas piores crises no que se diz respeito à empregabilidade, junto à prestação de serviço é o setor que mais abriu empresas, proporcionando uma maior diversidade de oferta e concorrência, porém por não obter retorno imediato, será uma alta para a recuperação do segmento em longo prazo.

Desta forma, é possível afirmar que aos poucos, as empresas e os profissionais estão se adaptando ao mercado de trabalho e driblando a crise. “Agora é preciso avaliar qual o impacto a curto, médio e longo prazo, do aumento de profissionais liberais no mercado de trabalho” – questiona Marcos.

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 20 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de database (banco de dados) e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing, vendas, prospecção e pesquisas.

carteira-de-trabalhowww.centralmailinglist.com.br