Central Blog

Você está visualizando os arquivos referentes à outubro 2012 do Central Blog
  • out
    04
    2012




Segmento de beleza é um dos que mais cresce em todo o país, revela pesquisa


Levantamento de mercado aponta crescimento de 250% comparado ao últimos dois anos.

As clínicas de estética e os salões beleza fazem parte de um mercado que não para de crescer. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é o terceiro maior mercado de beleza, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão. Com base nisso e a partir de um levantamento de mercado, feito pela Central Mailing List, especialista em fornecer banco de dados, ficou evidente que desde o ano de 2010, o crescimento deste segmento no Brasil, é de 250%.

Isso se deve ao desenvolvimento da indústria, da adesão de novas tecnologias em tratamentos estéticos e principalmente ao surgimento de novos empreendedores no país. Até o ano de 2009 no Brasil, o número de empresas deste segmento não passava de 59 mil, já no ano de 2011 os números foram para mais de 206 mil.

E, para quem busca investir no ramo da beleza, pode apostar na região Norte do país, onde o mercado está menos aquecido neste segmento, representando apenas 4,6% deste setor, já Roraima conta com apenas 544 empresas, o Amapá 554 e o Acre 623.

Logo em seguida vem a região Centro Oeste com 10,3%, e o estado que mais se destaca, é o Distrito Federal, com 8420 mil empresas do ramo. Em seguida, destaca-se a região Sul que marca presença no ranking com 12,6%, sendo 10.839 mil estabelecimentos só Rio Grande do Sul. Mas, a região que lidera o ranking é o Sudeste, representando 52.8% de salões de cabeleireiros, clinicas de estéticas e de tratamento facial e corporal em todo o Brasil. O estado de São Paulo é o que lidera o ranking com número de 57.402 mil empresas registradas, liderando não apenas a região, mas também na colocação dos estados que mais se desenvolve no mercado.

O setor da beleza investe cada vez mais em pesquisas de produtos e novidades para o consumidor. Este mercado está cada vez mais em alta tornando-se uma ótima alternativa para quem procura um setor de sucesso que gere muita lucratividade. “A quantidades de estabelecimentos deste porte contribui para alavancar a economia e para a geração de emprego, já que trata-se de uma área que o desemprego é quase mínimo” – revela Marcos Rodrigues, diretor da Central Mailing List.

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 17 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a  ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de data base e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing. www.centralmailinglist.com.br

    Compartilhe:   Twittar Curtir  
  • out
    04
    2012




Pesquisa aponta qual a melhor região do país para se investir em Restaurantes e Lanchonetes.


Comer fora de casa virou hábito entre a maioria dos brasileiros.

O tradicional arroz e feijão está sendo trocado por pratos sofisticados, ou até mesmo pelo o Fast Food, e quem ganha com isso é o setor gastronômico. Uma pesquisa realizada recentemente pela Central Mailing List, empresa especialista em fornecer banco de dados, revela que o Brasil possui 222.358 empresas no ramo alimentício.

Para todos aqueles que buscam praticidade na hora de comer fora de casa, a pesquisa da Central Mailing List revelou que só no ano de 2011 foram abertos 18.399 restaurantes no país. O dado mais interesse é que o Amapá foi o estado que mais inaugurou empresas, 130, ao todo. Já os paulistas são os que mais possuem opções gastronômicas, registrando 55.459 estabelecimentos.

As regiões Norte e Nordeste são as que mais crescem no segmento, se comparadas ao ano de 2011. O estado do Amapá foi o campeão, lá o crescimento foi de 21,35%. Em seguida, vem Pará (17,40%), Piauí (16,55%), Acre (16,19%), Paraíba (15,29%) e Roraima (15,22%). São Paulo está abaixo dos 10% na taxa de crescimento, ficando no 24º lugar (7,68%).

A baixa na pesquisa é referente a grande quantidade de restaurantes e lanchonetes que São Paulo possui, e por este motivo, fica cada vez mais difícil encontrar um ponto disponível, segundo dados da pesquisa. Um exemplo deste cenário acontece com o proprietário do restaurante japonês Wakai Sushi, Luiz Flores. Há mais de um ano, ele busca um local que não seja próximo Av. Paulista, região onde já possui a sede do restaurante, para abrir outra unidade, e expandir seu negócio. “Pelo menos duas vezes por semana saio à procura de um ponto estratégico na cidade, para abrir uma filial do restaurante, e vejo que está cada vez mais difícil encontrar bons locais, graças à escassez de pontos comerciais”, relata o proprietário.

Além disso, este segmento é um dos que mais emprega no Brasil, independente da ocupação, a pesquisa também mostrou que, em média, 876.346 brasileiros trabalham no ramo da alimentação com registro em carteira. Só no estado de São Paulo, a taxa correspondente é de 27,63% funcionários atuando neste segmento. Rio de Janeiro e Minas Gerais também estão no ranking das contratações.

“Sair para comer fora não é mais um programa para o fim de semana, ou para comemorar datas especiais, a grande mudança no dia a dia da população contribui significativamente para esta mudança na rotina de cada brasileiro”, revela Marcos Rodrigues, diretor da Central Mailing List.

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 17 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a  ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de data base e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing. www.centralmailinglist.com.br

Sobre o Wakai Sushi:

O nome Wakai Sushi foi inspirado no conceito de “juventude” e de “estar jovem”, premissa básica da cultura oriental que o proprietário faz questão de seguir. Porém, o restaurante com fachada discreta e simples a primeira vista, guarda internamente um ambiente agradável de arquitetura rústica que mescla elementos da natureza, tranquilidade e detalhes orientais. Na área externa o restaurante dispõe de um exuberante jardim, cascata e muito verde. Além do ambiente aconchegante, o Wakai Suhi possui cardápio com diversas opções tanto no sistema a la carte quanto no rodízio. Entradas, porções, teppans, yakissobas, tempurás, sashimis, sushis, temakis e combinados são algumas das opções que a casa oferece. www.sushiwakai.com.br

    Compartilhe:   Twittar Curtir  
  • out
    04
    2012




Segundo Pesquisa, Empresas investem cada vez mais na Zona Leste de São Paulo


Só ano de 2011, 37.102 empresas foram inauguradas na Zona Leste. A construção do estádio de futebol contribuiu para a valorização da região. 

São Paulo não para de crescer, e isso não é nenhuma novidade para os paulistanos e para as empresas e construtoras que querem conquistar um espaço na terceira maior metrópole do mundo. Uma pesquisa realizada pela Central Mailing List, especialista em fornecer banco de dados, revela que a cidade ainda tem muito espaço para crescer, mas que a bola da vez, é a Zona Leste de São Paulo.

A disponibilidade de espaço na zona leste deixa grandes empreendedores cada vez mais interessando em investir nesta região, que até alguns anos atrás, era pouco valorizada. Só nos últimos quatro anos, o pólo industrial do extremo Leste cresceu 31,96%. Para se ter ideia, aproximadamente 60% da economia da região ainda depende do pequeno comerciante, desta forma, grandes instituições de variados segmentos estão buscando espaço nesta região emergente da cidade.

A prefeitura está investindo na Zona Leste, levando novos acessos para o transporte público, para que a infraestrutura se adéque aos habitantes, contribuindo para o crescimento positivo da região em questão.  “Com relação à economia da região, baseada no comércio, área industrial e prestação de serviço, é possível observar que a taxa de abertura destes segmentos, no ano de 2011, foi de 111,18%, apresentando um aumento expressivo, se comparado aos dados de 2008”, relata o diretor da Central Mailing List, Marcos Alex Rodrigues.

De 2008 a 2011, bairros como: São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Itaquera, Guaianases e São Mateus, se comparados a outras regiões da Zona Leste, obtiveram um aumento de 44,3% de empresas instaladas nas regiões. O investimento maior foi no extremo da cidade, no bairro de São Mateus, com 13.632 novas empresas, um aumento de 28,3%, gerando mais empregos e movendo a economia que abastece a população local.

A Zona Leste tem mostrado que a região apresenta-se em constante expansão, chamando a atenção de grandes instituições e construtoras de toda a cidade. Os investimentos são favoráveis, já que a população espera a chegada de novas empresas na região, e a iniciativa privada procura cada vez mais lançamentos de instituições. Para alguns especialistas, este é o momento de investir na região.

Sobre a Central Mailing List:

Pioneira na comercialização de banco de dados, a Central Mailing List possui 17 anos de mercado destacando-se por oferecer credibilidade e confiança aos seus clientes. Dirigida por Marcos Alex Rodrigues, a Central Mailing List, tem como filosofia a  ética e o respeito à sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento. A empresa oferece serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de data base e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing. www.centralmailinglist.com.br

    Compartilhe:   Twittar Curtir  
  • out
    04
    2012




Erros podem tornar a ferramenta eletrônica de E-mail Marketing um grande problema


Saiba como ter uma ação de email marketing de sucesso.

Anunciar uma promoção, contar mais sobre um produto ou serviço proporcionado por uma empresa, tem se tornado cada vez mais comum, na era digital. O email marketing não é nenhuma novidade, mas poucas empresas sabem usá-lo de forma correta, para que realmente torne-se uma ferramenta favorável. Para isso, o especialista no assunto e diretor da Central Mailing List, Marcos Alex Rodrigues, traz dicas e informações para todos os empreendedores que buscam bons resultados com uma ação digital.

Fazer compras e solicitar serviços sem sair de casa tem aumentando diariamente e para isso, as empresas que buscam conquistar novos clientes, ganharam como aliado, o email marketing. Mas, o erro mais comum numa campanha eletrônica é o assunto do email: não adianta o conteúdo ter boa qualidade se o assunto não for atrativo. É importante lembrar que a pessoa que está recebendo o email, deverá primeiro, ser atraída pelo assunto.

O assunto de qualquer ação de marketing precisa ser objetivo e direto; nada de usar acentos gráficos e caixa alta, pois isto barra o email nos filtros de antispam; o tamanho ideal de um assunto é no máximo 50 caracteres. “Quando se tratar de uma campanha promocional, busque nomear a promoção, e não usar a palavra “promoção” que já não é mais um método atrativo. Se for uma newsletter, dê preferência ao assunto principal da mensagem e a coloque no assunto do email”, diz Rodrigues.

Os servidores possuem programas de antispam que impedem que o email seja entregue aos destinatários, quando se contém algumas palavras ou expressões como: Compre agora, Não perca, Grátis, Oferta, Ganhe, Confira, Promocional, Imperdível, Acesse aqui, Clique aqui, Compra, Venda, ao usar algumas destas palavras o email terá uma grande probabilidade de ser considerado lixo eletrônico.

Quando o email está em formato de template o ideal é fatiar a imagem, desta maneira, o internauta terá mais facilidade para visualizar o email e nada de usar imagens de pastas com nomes: emailmkt, promoção ou qualquer outra citada a cima; procure renomear a pasta com palavras como: public, imagens ou imgs; esta é uma outra forma para evitar problemas com o disparo do email.

Jamais se esqueça de usar estas regras em qualquer campanha, além de inserir em todo email a opção de visualizar o email marketing corretamente e a opção do link de descadastro “Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento aqui”, e não utilizar “responda esse email com assunto remover”, este processo é muito burocrático.

Através destes recursos, o e-mail marketing se torna eticamente correto e o ajudará a obter os resultados desejados com a campanha. Adote estas dicas e tenha sucesso em qualquer tipo de comunicação.

Sobre a Central Mailing List

Há 17 anos, Marcos Alex Rodrigues fundou a Central Mailing List, empresa provedora de informações dedicadas em soluções de marketing direto. Pioneira no segmento é responsável pela comercialização de atualizados bancos de dados. Por meio de listas direcionadas B to B; B to C e e-consumer, a empresa tem como filosofia a  ética e o respeito a sociedade, por meio de uso consciente das informações, coerente às regras de mercado aplicadas a níveis de segurança e excelência no atendimento.

A empresa também presta serviços de tratamento, correção, atualização, enriquecimento de data base e disparos de email marketing inteligente, além de consultoria mercadológica auxiliando na definição de público alvo para campanhas de marketing.

Mais informações: www.centralmailinglist.com.br

    Compartilhe:   Twittar Curtir  
  • out
    04
    2012




Dia Mundial do Consumidor, saiba como Fidelizá-los


Fazer o bom uso de ferramentas online é uma opção excelente para empresas que almejam conquistar clientes.

Reconhecer e respeitar as diferenças individuais de cada pessoa é dever de todo empresário, já que o sucesso ou o fracasso das vendas está diretamente ligado a relação entre o consumidor e a empresa. Desta forma, conquistar a confiança dos clientes e não invadir a privacidade deles é um passo importante para conquistar e manter clientes.

Entre as estratégias adotadas pelas empresas, o uso de email marketing tem sido muito usado para empresas que, através, da internet querem divulgar seus produtos e serviços. Mas, é preciso ficar atento a maneira como o email é disseminado entre os potenciais clientes.

Aproveitando a data em que se comemora o dia mundial do consumidor, 15 de março, a Central Mailing List, especialista em fornecer banco de dados traz dicas para todos que utilizam ou pretendem utilizar as estratégias de disparo de email marketing, para seus clientes, de uma forma adequada para que o consumidor não conheça a empresa como uma fonte de informações duplicadas ou aquela empresa que não sabe o perfil de cada cliente e dispara email com informações irrelevantes ou inadequadas.

Muitas empresas se dedicam em conquistar o consumidor de uma forma “exclusiva” ao disparar um email em massa, mas para atingir o seu público alvo é preciso ter cuidado. O responsável por esta ação precisa conhecer o seu público para que a comunicação não seja prejudicada e a empresar virar alvo de críticas.

Pensando nisso, a Central Mailing List, listou algumas dicas importantes que precisam ser aplicadas quando o assunto se trata de email marketing e o consumidor:

–    Conheça seu público alvo, procure saber quais são as expectativas dele perante a empresa;

–    É preciso separar os clientes, não apenas pelo perfil demográfico (idade, sexo, classe social), mas também pelo perfil psicográfico (gostos, aspiração social);

–    Antes de enviar um e-mail, tenha certeza se o conteúdo será útil ou de interesse do grupo para o qual pretende remetê-lo;

–    Respeitar as solicitações de descadastramento de suas listas;

–   Cumpra com todas as informações do relatada no email, manchetes falsas faz com que o consumidor não acredite no serviço ou produto oferecido pela empresa;

–   Quando o email disponibilizar algum link, direcione o consumidor para o que está sendo oferecido;

Para conhecer todas as soluções da empresa acesse: www.centralmailinglist.com.br

    Compartilhe:   Twittar Curtir